Suzano Papel e Celulose e Senai formam 45 profissionais

 Os alunos se formaram em produção de papel tissue 

Imperatriz, 17 de agosto de 2017 – Nossa empresa em conjunto com o Senai realizou esta semana (15/08), a formatura da 1ª turma de produção de tissue, em Imperatriz (MA).

O curso teve início em abril deste ano, com duração de 320 horas e formou 45 profissionais na produção de tissue, que  é utilizado na confecção de papel higiênico, lenços de papel, guardanapos, entre outros itens.

A iniciativa do curso foi nossa e estamos inaugurando, no 4º trimestre deste ano, a primeira fábrica de  tissue  no Maranhão. “ Este é um negócio novo para nós e para a região, por isto vimos a oportunidade de formar profissionais regionais. Já temos 90% desta turma selecionada para atuar nesta fábrica e nossa meta é 100%”,   comentou Simone Caixeta, gerente de Recursos Humanos da Suzano no Maranhão.

De acordo com Scheherazade Bastos – Coordenadora de Educação Profissional, Tecnologia e Inovação do SENAI, a conclusão de uma turma sempre é gratificante para o SENAI. “Pra nós é muito gratificante a finalização de turmas dos cursos ofertados pelo SENAI, pois a educação é o nosso principal pilar. Por isso, temos investido em todo Estado na renovação da base tecnológica e na reforma de todas as nossas unidades. Essa parceria com a Suzano muito nos engradece por possibilitar que junto com essa grande empresa, possamos qualificar profissionais para o mercado de trabalho”.

Para Franklin Lima, formando em produção de tissue,  esta foi mais uma ótima oportunidade. “ Esta é mais uma oportunidade da minha vida, aprendi muito. Atualmente trabalho numa empresa terceirizada  e quero muito ter o crachá da Suzano e dizer que tenho orgulho em ser Suzano.”

Para Denise Cardoso, também formanda, é  muito gratificante participar de ações como esta que transformam a vida das pessoas. “Eu já participei do Formare –  um projeto da Suzano que capacita jovens para o mercado de trabalho – que abriu meus olhos para este mundo corporativo. Eu quero poder trabalhar novamente na empresa, na fábrica de tissue  que será inovadora não só para a cidade, como também para nosso Estado.”